Quer melhorar o sexo em casa? Estas são as 11 dicas da Escola de Medicina de Harvard - Amor e Sexo - Notícias
Amor e Sexo : Quer melhorar o sexo em casa? Estas são as 11 dicas da Escola de Medicina de Harvard
Enviado por alexandre em 12/03/2019 22:02:05

Quer melhorar o sexo em casa? Estas são as 11 dicas da Escola de Medicina de Harvard


O declínio dos níveis hormonais e as alterações no funcionamento neurológico e circulatório

As transformações físicas que o corpo sofre com a idade têm uma grande influência na sexualidade. O declínio dos níveis hormonais e as alterações no funcionamento neurológico e circulatório podem levar a problemas sexuais, como disfunção erétil ou dor vaginal.

 

Essas mudanças físicas geralmente indicam que a intensidade do sexo juvenil pode dar lugar para uma qualidade ou frequência menor quando se trata de sexo.

 

Veja também 

Você consegue saber se está gordo ou só inchado? Desta maneira dá para descobrir

 

 

No entanto, conforme indicado em um artigo publicado na revista Health Harvard, muitas pessoas não conseguem perceber todo o potencial do sexo na vida adulta. Nesse sentido, eles fizeram uma listinha com 11 coisas que podem ajudar a manter a chama acesa. É importante ter em mente que ao entender os elementos físicos e emocionais que permitem um sexo satisfatório, você pode navegar melhor pelos problemas que surgirem.

 

Dicas para melhorar o sexo



Eduque-se


Muitos materiais de autoajuda estão disponíveis para todos os tipos de questões sexuais. Navegue pela Internet ou pela livraria local, escolha alguns recursos que se aplicam a você e use-os para ajudar você e seu parceiro a se informarem melhor sobre o problema. Se falar diretamente é muito difícil, você e seu parceiro podem sublinhar passagens das quais você gosta particularmente e mostrá-las um ao outro.

 

Dê tempo a si mesmo


À medida que envelhece, suas respostas sexuais diminuem. Você e seu parceiro podem melhorar suas chances de sucesso encontrando um ambiente tranquilo, confortável e sem interrupções para o sexo. Além disso, entenda que as mudanças físicas em seu corpo significam que você precisará de mais tempo para ficar excitado e atingir o orgasmo. Quando você pensa sobre isso, passar mais tempo fazendo sexo não é uma coisa ruim; trabalhar essas necessidades físicas em sua rotina sexual pode abrir as portas para um novo tipo de experiência sexual.

 

Use lubrificação


Muitas vezes, a secura vaginal que começa na perimenopausa pode ser facilmente corrigida com líquidos lubrificantes e géis. Use-as livremente para evitar sexo doloroso - um problema que pode causar uma sensação de repulsa na libido e tensões crescentes nos relacionamentos. Quando os lubrificantes não funcionarem, discuta outras opções com o seu médico.


Mantenha afeição física


Mesmo se você está cansado, tenso ou chateado com o problema, se envolver em beijar e abraçar é essencial para manter um vínculo emocional e físico.

 

 

Pratique tocar


As técnicas de foco sensorial que os terapeutas sexuais usam podem ajudá-lo a restabelecer a intimidade física sem se sentir pressionado. Muitos livros de auto-ajuda e vídeos educativos oferecem variações nesses exercícios. Você também pode pedir ao seu parceiro para tocar em você de uma maneira que ele ou ela gostaria de ser tocado. Isso lhe dará uma noção melhor de quanta pressão, de suave a firme, você deve usar.

 

Tente posições diferentes


Desenvolver um repertório de diferentes posições sexuais não apenas acrescenta interesse ao ato sexual, mas também pode ajudar a superar problemas. Por exemplo, o aumento da estimulação para o ponto G que ocorre quando um homem entra em sua parceira por trás pode ajudar a mulher a atingir o orgasmo.

 

Anote suas fantasias


Este exercício pode ajudá-lo a explorar possíveis atividades que você acha que podem ser estimulantes para você ou seu parceiro ou parceira. Tente pensar em uma experiência ou em um filme que tenha despertado você e compartilhe sua memória com seu parceiro. Isso é especialmente útil para pessoas com pouca libido.

 

 

Faça exercícios de Kegel


Tanto homens quanto mulheres podem melhorar sua aptidão sexual exercitando seus músculos do assoalho pélvico. Para fazer esses exercícios, aperte o músculo que você usaria se estivesse tentando parar a urina no meio do caminho. Segure a contração por dois ou três segundos e solte. Repita 10 vezes. Tente fazer cinco sets por dia. Estes exercícios podem ser feitos em qualquer lugar - durante a condução, sentado em sua mesa, ou em pé em uma fila de check-out. Em casa, as mulheres podem usar pesos vaginais para aumentar a resistência muscular. Converse com seu médico ou terapeuta sexual sobre onde obtê-los e como usá-los.

 

Tente relaxar

 

Fotos: Reprodução


Faça algo calmante antes de fazer sexo, como jogar um jogo ou sair para um bom jantar. Ou tente técnicas de relaxamento, como exercícios de respiração profunda ou yoga.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.  

 

Use um vibrador


Este dispositivo pode ajudar uma mulher a aprender sobre sua própria resposta sexual e permitir que ele mostre a ela o que ela gosta.

 

Não desista


Se nenhum dos seus esforços parece funcionar, não perca a esperança. O seu médico pode determinar a causa do seu problema sexual e pode identificar tratamentos eficazes. Ele também pode colocar você em contato com um terapeuta sexual que pode ajudá-lo a explorar questões que podem estar no caminho de uma vida sexual satisfatória.

 

Vix.com

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo