Mundo Cão - Colunistas - Notícias
Colunistas : Mundo Cão
Enviado por alexandre em 16/01/2011 21:31:45

Os gabirus continuam


Pelo andar da carruagem e pela marcha das nomeações exercidas pelo governador Confúcio Moura (PMDB), os velhos e conhecidíssimos “gabirus” e ocupantes de cargos comissionados não sobraram na curva do atual governo. Um desses gabirus – do rabo grande e fino que é bastante conhecido na região central do estado pelo jeito vai parar de tomar Lexotan é que o gabiruzão mesmo com sua fama de gatuno do erário público vai continuar no governo e agora a pergunta que não quer calar será que o Dr. Confúcio Moura sabe da ficha deste cidadão se é que podemos chamá-lo de cidadão.


Lá estavam eles

Durante o evento no CENTRER o governador Confúcio Moura (PMDB) foi bastante assediado por pessoas aliadas, mas a grande verdade que a maioria era formada de pessoas que durante a campanha estiveram em lado oposto. Tinha uma figura que fez de tudo para o governador prestar atenção nele e olha que a tal figura aparece no material fotográfico que o Ministério Público Federal tem em mãos ai nunca é tarde para perguntar será que o dito cujo pensa que vai enganar até quando?

Confúcio joga duro


O governador Confúcio Moura mandou um recado para aqueles que sempre fizeram a EMATER como trampolim político, sem falar que fizeram a coisa pública um belo investimento particular. A prova real é o escritório da EMATER em Ouro Preto do Oeste que foi usado e abusado por pessoas que não tiveram o menor pudor em fazer a pouca vergonha que foi, a por isso que estas pessoas hoje estão em volta com a Justiça e o que é pior ainda querem continuar com a safadeza, mas certamente o governador Confúcio já tem em mãos um dossiê do que foi a EMATER em Ouro Preto nas eleições de 2010.

Oposição Não

O prefeito Alex Testoni (PTN) aprendeu rápido o caminho das pedras no mundo da política e sabe que na oposição não terá chance de alavancar o seu projeto geo- político e por já busca uma aproximação junto ao governador Confúcio Moura. O deputado estadual diplomado Jaques Testoni (PP) será o caminho para esta aproximação que até o presente momento não empolgou o governador Confúcio um político vacinado contra as chamadas “amizades” de um verão só.

Deputado Marcelino Tenório


O deputado estadual diplomado Marcelino Tenório (PRP), que curti ao lado da família merecidas férias na região nordeste, disse que não vai indicar ninguém para ocupar cargos de chefia nos órgãos estaduais o que desmente a fala de uma figura que ainda espalhado que o deputado Marcelino seria o seu padrinho para continuar ocupando o cargo.

Blitz a sociedade tem que apoiar


A 3ª Cia de Policiamento Ostensivo estar de parabéns em dar continuidade às blitzes quer vem sendo feitas na cidade e esta atitude tem que tem o apoio da sociedade já que o município tem que aprender de uma vez por toda que não podemos ser diferente em relação aos outros municípios. Esperamos que o comando local da Polícia Militar não se curve as pressões políticas que todos já têm conhecimento de onde vem e certamente quem não gosta das blitzes são os que se intitulam acima da Lei, mas porque estes mesmos não faz isso em outras?


Figura decorativa


Não é novidade para ninguém que ser vice no Brasil não serve para nada e quando o assunto é política ai a coisa fica pior, já que a figura do vice é meramente decorativa. Mas em Ouro Preto do Oeste a vice-prefeita Joselita Araujo (PMDB), vem sendo esquecida pelo prefeito Alex Testoni (PTN) que se encontra de férias, mas quem vem dando as cartas é uma pessoa que nem de longe podemos comparar com a trajetória vitoriosa de Joselita Araujo uma política tarimbada e que não precisa passar por esta situação isso só prova que o prefeito Alex Testoni é um espetacular administrador, mas um péssimo político.

Negociata


Prego batido dois importantes cargos em Ouro Preto do Oeste, estão sendo usado para ser moeda de troca na eleição da mesa diretora da ALE/RO. Mas o que chama a atenção é que nos dois órgãos os vícios continuam a todo vapor e não seria nada mal que o Ministério Público Estadual – MPE solicitasse a freqüência de ponto de muitos funcionários que são verdadeiros “onipresentes” consegue estar em dois ou mais lugares ao mesmo tempo.

A farra continua

A farra com os veículos oficiais continua a todo vapor em Ouro Preto do Oeste, um dito cujo que foi exonerado no dia 30/12/2010 continua dirigindo um veiculo placa branca, inclusive indo beber cachaça e dançar forró como se o carro fosse dele.

Ela apareceu

Foi só o governador Confúcio Moura tomar posse que uma figura apareceu para trabalhar no órgão que é lotada e por sinal tem um gordo contracheque. A tal figura ao chegar à repartição todos ficaram surpresos com sua presença para trabalhar, coisa que não ocorreu nos últimos anos por culpa da irresponsabilidade de quem deveria fiscalizar o cumprimento do dever, mas se fez de surdo e mudo.


Diário oficial

O Diário oficial do governo do estado nestes últimos dias vem sendo bastante acessado, por duas turmas aqueles que tomaram um pé na bunda e outra daqueles que sonham em ver o seu nome publicado para um cargo comissionado.



Sem super secretário

No governo de Confúcio Moura, não existe nenhum supersecretário. Todos vão comer no cabresto curto e sabendo que qualquer deslize será fatal. Pra começar, as nomeações de todos os auxiliares dos gabinetes dos secretários terão que passar pelo rigoroso crivo do Chefe do Executivo. Nem a faxineira escapará.

Cabide de empregos

A prática de empregar apadrinhados deve ser mais velha que o próprio conceito de Estado. Talvez por isso desconheça o conceito de república, aquilo que é público, que pertence à totalidade, e não apenas a alguns bem aventurados. Sendo assim, o costume de usar a máquina para empregar indicados, oferecer cotas de vagas a aliados e trocar voto por emprego tornou-se um exercício quase natural, ignorando o preceito constitucional do concurso público como regra para acesso ao serviço público.


Lideranças políticas pressionam Confúcio Moura por 'boquinha'


Todo mundo quer uma vaga no governo. Mas, é evidente, não há espaço no governo para todo mundo. Nem nesse, nem em outros governos d e Rondônia, nem em governo nenhum do mundo. Mas Rondônia acostumou-se ao emprego público. E os rondonienses – muitos deles – não sabem viver sem ema sinecura pública, por menor que seja o salário. É uma situação triste.
Rapadura


Estou lambendo uma rapadura para pegar aquela figura de jeito e botar nela como o jegue de Rozendo botou no traseiro de Tião Mofeta.

Enquanto isso

Dilma toma posse, Lula toma cachaça, Temer toma Viagra, Marcela toma a grana do véio e o povo toma no C*


Admiração

Tem um líder de uma religião que anda alardeando entre seu rebanho da sua grande admiração por Confúcio Moura. Ele é foda, admirava a dupla Cassol & Cahulla e amanhã vai, com certeza, mudar de amor.

A lenga-lenga de novo

Lá vem essa conversa de desarmamento, de novo. Alegam que mais de 500 mil armas (sic) já foram retiradas das mãos de cidadãos de bem e que a violência, pelo menos na base da bala, teria caído, de 2003 para cá. Nada disso! A violência só aumentou, a bandidagem está mais armada do que nunca e o resto é conversa mole pra boi dormir.

Promessas

É bem verdade que a população já está cansada de ouvir promessas de políticos, especialmente aquelas de forma generalizada, tais como: “vou melhorar a educação, saúde, habitação e gerar emprego e renda”. Realmente é enfadonho esse tipo de discurso, pois, na prática vira meio que “estórias da carochinha”, o Brasil até tivemos um Presidente da República que disse “não leiam o que escrevi”.

Curtindo a filosofia

Antes de fechar o firo, vamos deixar aquela velha e boa mensagem pra vocês… Edificante, aconchegante, lubrificante e nunca broxante, aí vai: “Quem tem a melhor visão é o ginecologista, porque ele enxerga láááá… na casa do cacete!

Por Alexandre Araujo


Os gabirus continuam


Pelo andar da carruagem e pela marcha das nomeações exercidas pelo governador Confúcio Moura (PMDB), os velhos e conhecidíssimos “gabirus” e ocupantes de cargos comissionados não sobraram na curva do atual governo. Um desses gabirus – do rabo grande e fino que é bastante conhecido na região central do estado pelo jeito vai parar de tomar Lexotan é que o gabiruzão mesmo com sua fama de gatuno do erário público vai continuar no governo e agora a pergunta que não quer calar será que o Dr. Confúcio Moura sabe da ficha deste cidadão se é que podemos chamá-lo de cidadão.


Lá estavam eles

Durante o evento no CENTRER o governador Confúcio Moura (PMDB) foi bastante assediado por pessoas aliadas, mas a grande verdade que a maioria era formada de pessoas que durante a campanha estiveram em lado oposto. Tinha uma figura que fez de tudo para o governador prestar atenção nele e olha que a tal figura aparece no material fotográfico que o Ministério Público Federal tem em mãos ai nunca é tarde para perguntar será que o dito cujo pensa que vai enganar até quando?

Confúcio joga duro


O governador Confúcio Moura mandou um recado para aqueles que sempre fizeram a EMATER como trampolim político, sem falar que fizeram a coisa pública um belo investimento particular. A prova real é o escritório da EMATER em Ouro Preto do Oeste que foi usado e abusado por pessoas que não tiveram o menor pudor em fazer a pouca vergonha que foi, a por isso que estas pessoas hoje estão em volta com a Justiça e o que é pior ainda querem continuar com a safadeza, mas certamente o governador Confúcio já tem em mãos um dossiê do que foi a EMATER em Ouro Preto nas eleições de 2010.

Oposição Não

O prefeito Alex Testoni (PTN) aprendeu rápido o caminho das pedras no mundo da política e sabe que na oposição não terá chance de alavancar o seu projeto geo- político e por já busca uma aproximação junto ao governador Confúcio Moura. O deputado estadual diplomado Jaques Testoni (PP) será o caminho para esta aproximação que até o presente momento não empolgou o governador Confúcio um político vacinado contra as chamadas “amizades” de um verão só.

Deputado Marcelino Tenório


O deputado estadual diplomado Marcelino Tenório (PRP), que curti ao lado da família merecidas férias na região nordeste, disse que não vai indicar ninguém para ocupar cargos de chefia nos órgãos estaduais o que desmente a fala de uma figura que ainda espalhado que o deputado Marcelino seria o seu padrinho para continuar ocupando o cargo.

Blitz a sociedade tem que apoiar


A 3ª Cia de Policiamento Ostensivo estar de parabéns em dar continuidade às blitzes quer vem sendo feitas na cidade e esta atitude tem que tem o apoio da sociedade já que o município tem que aprender de uma vez por toda que não podemos ser diferente em relação aos outros municípios. Esperamos que o comando local da Polícia Militar não se curve as pressões políticas que todos já têm conhecimento de onde vem e certamente quem não gosta das blitzes são os que se intitulam acima da Lei, mas porque estes mesmos não faz isso em outras?


Figura decorativa


Não é novidade para ninguém que ser vice no Brasil não serve para nada e quando o assunto é política ai a coisa fica pior, já que a figura do vice é meramente decorativa. Mas em Ouro Preto do Oeste a vice-prefeita Joselita Araujo (PMDB), vem sendo esquecida pelo prefeito Alex Testoni (PTN) que se encontra de férias, mas quem vem dando as cartas é uma pessoa que nem de longe podemos comparar com a trajetória vitoriosa de Joselita Araujo uma política tarimbada e que não precisa passar por esta situação isso só prova que o prefeito Alex Testoni é um espetacular administrador, mas um péssimo político.

Negociata


Prego batido dois importantes cargos em Ouro Preto do Oeste, estão sendo usado para ser moeda de troca na eleição da mesa diretora da ALE/RO. Mas o que chama a atenção é que nos dois órgãos os vícios continuam a todo vapor e não seria nada mal que o Ministério Público Estadual – MPE solicitasse a freqüência de ponto de muitos funcionários que são verdadeiros “onipresentes” consegue estar em dois ou mais lugares ao mesmo tempo.

A farra continua

A farra com os veículos oficiais continua a todo vapor em Ouro Preto do Oeste, um dito cujo que foi exonerado no dia 30/12/2010 continua dirigindo um veiculo placa branca, inclusive indo beber cachaça e dançar forró como se o carro fosse dele.

Ela apareceu

Foi só o governador Confúcio Moura tomar posse que uma figura apareceu para trabalhar no órgão que é lotada e por sinal tem um gordo contracheque. A tal figura ao chegar à repartição todos ficaram surpresos com sua presença para trabalhar, coisa que não ocorreu nos últimos anos por culpa da irresponsabilidade de quem deveria fiscalizar o cumprimento do dever, mas se fez de surdo e mudo.


Diário oficial

O Diário oficial do governo do estado nestes últimos dias vem sendo bastante acessado, por duas turmas aqueles que tomaram um pé na bunda e outra daqueles que sonham em ver o seu nome publicado para um cargo comissionado.



Sem super secretário

No governo de Confúcio Moura, não existe nenhum supersecretário. Todos vão comer no cabresto curto e sabendo que qualquer deslize será fatal. Pra começar, as nomeações de todos os auxiliares dos gabinetes dos secretários terão que passar pelo rigoroso crivo do Chefe do Executivo. Nem a faxineira escapará.

Cabide de empregos

A prática de empregar apadrinhados deve ser mais velha que o próprio conceito de Estado. Talvez por isso desconheça o conceito de república, aquilo que é público, que pertence à totalidade, e não apenas a alguns bem aventurados. Sendo assim, o costume de usar a máquina para empregar indicados, oferecer cotas de vagas a aliados e trocar voto por emprego tornou-se um exercício quase natural, ignorando o preceito constitucional do concurso público como regra para acesso ao serviço público.


Lideranças políticas pressionam Confúcio Moura por 'boquinha'


Todo mundo quer uma vaga no governo. Mas, é evidente, não há espaço no governo para todo mundo. Nem nesse, nem em outros governos d e Rondônia, nem em governo nenhum do mundo. Mas Rondônia acostumou-se ao emprego público. E os rondonienses – muitos deles – não sabem viver sem ema sinecura pública, por menor que seja o salário. É uma situação triste.
Rapadura


Estou lambendo uma rapadura para pegar aquela figura de jeito e botar nela como o jegue de Rozendo botou no traseiro de Tião Mofeta.

Enquanto isso

Dilma toma posse, Lula toma cachaça, Temer toma Viagra, Marcela toma a grana do véio e o povo toma no C*


Admiração

Tem um líder de uma religião que anda alardeando entre seu rebanho da sua grande admiração por Confúcio Moura. Ele é foda, admirava a dupla Cassol & Cahulla e amanhã vai, com certeza, mudar de amor.

A lenga-lenga de novo

Lá vem essa conversa de desarmamento, de novo. Alegam que mais de 500 mil armas (sic) já foram retiradas das mãos de cidadãos de bem e que a violência, pelo menos na base da bala, teria caído, de 2003 para cá. Nada disso! A violência só aumentou, a bandidagem está mais armada do que nunca e o resto é conversa mole pra boi dormir.

Promessas

É bem verdade que a população já está cansada de ouvir promessas de políticos, especialmente aquelas de forma generalizada, tais como: “vou melhorar a educação, saúde, habitação e gerar emprego e renda”. Realmente é enfadonho esse tipo de discurso, pois, na prática vira meio que “estórias da carochinha”, o Brasil até tivemos um Presidente da República que disse “não leiam o que escrevi”.

Curtindo a filosofia

Antes de fechar o firo, vamos deixar aquela velha e boa mensagem pra vocês… Edificante, aconchegante, lubrificante e nunca broxante, aí vai: “Quem tem a melhor visão é o ginecologista, porque ele enxerga láááá… na casa do cacete!

Por Alexandre Araujo

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo