Política - FORTALECIMENTO - Notícias
(1) 2 3 4 ... 8667 »
Política : FORTALECIMENTO
Enviado por alexandre em 30/08/2015 11:50:20


Paraíba da Emater vai comandar o PMDB em Vale do Paraíso
O Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, diretório municipal de Vale do Paraíso será comandado pelo servidor público estadual Francinaldo Francelino de Araujo o popular Paraíba da Emater, que foi urgido a presidência por unanimidade. Os filiados peemedebistas em consenso resolveram creditar a missão de comandar o partido ao ativo militante político Paraíba da Emater que reside no Estado há 28 anos e sempre trabalhando com o homem do campo.

O PMDB é o maior partido do Brasil, com direção concretizada em todos os municípios, daí a grande importância do partido no cenário nacional. O diretório de Vale do Paraíso eleito e empossado será o responsável pela manutenção da estrutura partidária no município e também na busca de novas lideranças para compor os quadros e até organizar o grupo de candidatos para a eleição de 2016.
A tona dos discursos dos membros do partido foi a certeza de que o PMDB vai disputar a eleição municipal de 2016 com candidatura própria do partido, com ênfase de todos de que "Vale do Paraíso precisa retomar o crescimento e também a dignidade da população".

Logo após a divulgação do resultado, Paraíba da Emater já na condição de presidente, agradeceu a participação de todos os presentes e das lideranças que articularam a formação da chapa de consenso e afirmou a disposição de trabalhar para que o PMDB de Vale do Paraíso seja uma agremiação com forte inserção em todos os segmentos políticos e sociais do município. Segundo o parlamentar, a missão juntos com os pares é fortalecer o partido e preparar para a disputa eleitoral no ano de 2016.

"Precisamos de pensar sempre em Vale do Paraíso e na nossa população, essa é a tona do PMDB, seja com qualquer candidato ao cargo máximo do município. A hora é de somar de buscar a união de todos em busca de um só objetivo que é o bem para o nosso município e Estado de Rondônia", afirmou Paraíba da Emater que foi felicitado através de telefonemas vindos do senador da República Valdir Raupp, deputada federal Marinha Raupp, deputado estadual Edson Martins e da secretaria regional de governo Maria Araujo de Oliveira que falou em nome do governador do Estado Confúcio Moura (PMDB).

PARAÍBA DA EMATER

Fonte: Alexandre Araujo/ouropretoonline.com

Regionais : Joaquim Barbosa: TSE e TCU não tem moral para um presidente da república
Enviado por alexandre em 30/08/2015 02:15:47

JB: TCU é playground de políticos fracassados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Tribunal de Contas de União (TCU) não têm elementos para dar suporte a um processo que leve ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, disse neste sábado o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa.

"O TSE é um órgão cuja composição não ajuda", disse Barbosa, mencionando a presença na instituição de membros que também exercem simultaneamente a atividade advocatícia. Para o ex-magistrado, o TSE tem se mostrado capaz de tirar do poder no máximo governadores de Estados menores, mas não um presidente da república.

Barbosa atacou também o TCU que, segundo ele, é formado por "políticos fracassados", que não têm estatura institucional suficiente para conduzir algo de tamanha gravidade.

O TCU julga o que se chama de "pedaladas fiscais" do primeiro mandato do governo Dilma (2011-14), o nome dado às práticas do Tesouro Nacional de atrasar repasses a bancos públicos com o objetivo de melhorar artificialmente as contas fiscais.Um eventual parecer do TCU pela rejeição das contas daria força aos que defendem um processo de impeachment contra Dilma. "Impeachment tem que ser algo muito bem embasado. Sem isso todos sairemos perdendo", acrescentou Barbosa.

Regionais : Europa: Brasil levanta vencendo crise política
Enviado por alexandre em 30/08/2015 02:12:39

Europa: Brasil levanta vencendo crise política

Renato Riella

Arrisco-me a afirmar que, no chamado Primeiro Mundo, existe muito mais preocupação com a crise política brasileira do que com a crise econômica.

Estrangeiros bem informados, potenciais investidores, perguntam assim: “Quando Michel Temer vai assumir?”

Não perguntam sobre a inflação, nem sobre o PIB, nem sobre a desvalorização do real.

 

TRÊS DIAS DE PROSPECÇÃO EM LISBOA

Passei três dias muito intensos em Lisboa, acompanhando empresários brasilienses da área de tecnologia, que foram prospectar negócios com europeus.

Trabalheira doida: café da manhã, reunião de manhã, almoço de trabalho, e reunião à tarde, em ritmo intenso, dando explicações sobre os mercados brasileiros de maneira geral. Muitas perguntas e respostas (à noite, um vinho nacional, que ninguém é de ferro).

Um alemão definiu tudo: “Se o PIB do Brasil cair 2% este ano, ainda assim o mercado brasileiro ainda será um dos maiores do mundo em todas as áreas”.

Não acredite na sinistrose dos jornais brasileiros. Eles estão apavorados com o preço do papel de impressão, que é cobrado em dólares e subiu muito nos últimos meses.

PORTA DE ENTRADA NA AMÉRICA

Na verdade, o Brasil hoje é visto como principal porta de entrada no mercado latino-americano. Pelo nosso país, podem ser acessados países importantes, como Chile, Colômbia e Peru (principalmente estes).

Maldita mesmo é a Argentina. Investidores europeus diversos dizem que não esperam nada de Buenos Aires, onde compromissos não são cumpridos. E, além disso, é quase impossível a um investidor estrangeiro retirar dólares da Argentina.

O Brasil, não! Nosso País sofre um desencontro na política, mas os europeus estão acostumados com isso. Reconhecem que temos instituições fortes, que darão as respostas necessárias no momento certo.

Há mais confiança no Brasil do que em países como China e Índia, e mesmo Angola, nação africana que não está madura ainda para ser parceira comercial.

No Brasil, há transparência e visibilidade. A nossa Justiça tem dado demonstração de zelo pelo interesse público. E o nosso mercado, mesmo em crise, é poderoso.

ECONOMIA TEM SEU DINAMISMO

Viajei num vôo da TAP lotado, lotado, lotado (na volta, menos). Vimos recentemente o Bradesco comprando o HSBC. Teremos um Natal intenso, talvez com compras adaptadas e preços mais realistas. E os brasileiros podem estar viajando menos ao exterior, mas intensificam as viagens internas.

Não esqueçam que a agropecuária brasileira deve crescer bastante este ano. Etc.

Conversei com portugueses, belgas, franceses, holandeses e alemães, nos três dias de trabalho. Todos só querem saber de oportunidades em áreas específicas. Há muito dinheiro a se ganhar no Brasil e na América Latina.

UM MERCADO MONUMENTAL

Fiquei impressionado de ver como os estrangeiros se surpreendem com a dimensão do Brasil, com 26 estados (mais o DF), 204 milhões de habitantes, área geográfica dezenas de vezes maior do que qualquer país europeu, etc.

Uma empresa de Portugal, da Holanda, da Bélgica e até da Franca, ao fechar negociação com empresa similar do Brasil, pode ter suas demandas multiplicadas por dez ou vinte vezes em pouco tempo (e talvez nem tenha como atender ao desafio pleno).

Assim, somos obrigados a reconhecer que o Brasil é um país momentaneamente sem governo. Mas o mundo está de olho na normalização do nosso País, que pode acontecer a qualquer momento.

Acredite: nosso principal problema é político. A economia reagirá na hora que o Palácio do Planalto voltar a funcionar.

Regionais : Processada por Lula, Época volta ao ataque
Enviado por alexandre em 29/08/2015 22:21:50

Processada por Lula, Época volta ao ataque

A revista Época que circula nesta semana voltou a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Reportagem principal da revista das Organizações Globo, da família Marinho, retrata o ex-presidente como "lobista informal" da construtora Odebrecht em Cuba.  Citando "telegramas secretos do Itamaraty" e documentos confidenciais do governo brasileiro, em que burocratas descrevem as condições camaradas dos empréstimos do BNDES às obras da Odebrecht em Cuba, a reportagem assinada por Thiago Bronzatto atesta que "sim, Lula intermediou negócios para a Odebrecht em Cuba"..

O Porto de Mariel em Cuba recebeu financiamento de US$ 898 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Desde que os Estados Unidos e Cuba reataram suas relações diplomáticas, Mariel tem sido considerado como estratégico para o comérgio na região. O Brasil é o segundo maior parceiro comercial de Cuba. À medida em que a ilha socialista iniciar e ampliar negócios com os Estados Unidos, melhores condições econômicas as empresas brasileiras terão para instalar subsidiárias em Cuba e, dali, vender produtos para o mercado americano.

A credibilidade da revista Época não anda de vento em popa. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com ação, na semana passada, por reparação de danos morais contra os jornalistas Diego Escosteguy, Thiago Bronzatto e Filipe Coutinho, todos da revista Época. Bronzatto e Coutinho são os repórteres que assinam as oito páginas de reportagens da edição de 20 de abril que acusam Lula de ser operador de esquema de corrupção; Escosteguy é editor-chefe da publicação semanal da Editora Globo.

“A matéria está repleta de falácias e afirmações vis – todas, sem exceção de uma sequer – divorciadas das práticas éticas e sensatas do bom jornalismo. [Os autores da reportagem] imputaram a Lula a prática de conduta criminosa sem um fiapo sequer de prova”, afirma a ação, protocolada na 12ª Vara Cível de Brasília no último dia 21 de agosto. O Instituto Lula expôs as inúmeras incorreções das reportagens, em detalhes, em esclarecimento público intitulado “As sete mentiras da capa de Época sobre Lula”. (leia mais).

Aqui: leia mais - Reportagem completa

Regionais : Ela postava selfies e governava pelo celular
Enviado por alexandre em 29/08/2015 22:17:19

Ela postava selfies e governava pelo celular

iG Minas Gerais 

Entre festas, eventos sociais e a academia, a prefeita Lidiane Leite (PRB), 25, administrava Bom Jardim com os dois polegares e a 275 km de distância, em São Luís. Era por meio de um grupo de mensagens, batizado de "Força Tarefa", que a prefeita despachava com secretários, no mesmo celular que usava para tirar fotos de si mesma (selfies) ostentando luxo.

Foragida há uma semana, após a deflagração da Operação Éden, da Polícia Federal, ela é suspeita de desviar R$ 15 milhões da educação da cidade, onde há escolas que funcionam debaixo de árvores.

Lidiane chegou ao cargo por acaso. A dias da eleição de 2012, assumiu a candidatura no lugar do namorado, o pecuarista Beto Rocha, barrado pela Lei da Ficha Limpa. Eleita prefeita, pôs o namorado como secretário de Assuntos Políticos. Preso na semana passada, Beto é quem tocava o dia a dia da prefeitura, segundo políticos locais.

Antes, Lidiane vendia leite na porta de casa e ajudava a mãe em uma loja de roupas. Trocou a vida de classe média por uma rotina de riqueza ao namorar Beto, que tem bens avaliados em R$ 13,9 milhões, segundo a Justiça.

Suspeita de desviar recursos de escolas municipais, Lidiane está foragida desde o dia 20 de agosto. Ela ficou conhecida por publicar nas redes sociais fotos em que aparece ostentando luxo. A "Operação Éden" apura fraudes em licitações, desvio de dinheiro e transferências bancárias irregulares.

Enquanto ainda estava no cargo, Lidiane gostava de compartilhar "selfies" nas redes sociais segurando taças de champanhe ou fazendo poses com amigas e com um personal trainer. Também comentava sobre suas compras.

"Devia era comprar um carro mais luxuoso porque graças a Deus o dinheiro está sobrando", escreveu. Além da Polícia Federal, o Ministério Público do Maranhão e a Polícia Civil também participam das investigações. Os ex-secretários municipais Antônio Cesarino e Beto Rocha foram presos.

(1) 2 3 4 ... 8667 »