Regionais - Raupp discute em Ariquemes importância da modernização agrícola - Notícias
(1) 2 3 4 ... 9638 »
Regionais : Raupp discute em Ariquemes importância da modernização agrícola
Enviado por alexandre em 30/04/2016 20:17:45

Raupp discute em Ariquemes importância da modernização agrícola



Segundo o senador, a tecnologia proporciona produção com melhor qualidade, em maior quantidade e área menor



O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), participou na sexta-feira (29) do Seminário de Inovação Tecnológica realizado pela Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) no auditório da Faculdade de Educação e Meio Ambiente (Faema) em Ariquemes.

Defensor da família do campo, o senador reafirmou a parceria e o propósito de continuar trabalhando para que o setor seja modernizado. “ O agronegócio é a base da economia do Estado e a tecnologia é o caminho para fortalecermos cada vez o setor, produzindo mais em um espaço cada vez menor”, afirmou.

Quando governador, Raupp implantou programas de incentivo ao produtor como “Plante Café” e “Gado Sadio” além de distribuir mais de 300 tratores e implementos agrícolas para associações rurais.

“Rondônia nasceu para ser um Estado rico alavancado pelo agronegócio, e espaços e eventos como esse garantem a todos empreendedores rurais a possibilidade de vencerem esse desafio”, concluiu o senador Raupp.

“A história do senador Raupp, mostra o compromisso com o desenvolvimento agrícola do Estado e com toda essa revolução que o produtor vivencia”, declarou o vice-presidente da Emater, Francisco Mendes Sá.

O seminário que contou com a participação de produtores e acadêmicos do Instituto Federal de Rondônia (Ifro), discutiu ainda a qualidade dos produtos oferecidos e a qualificação dos agricultores.

Para Waldemar Albuquerque, secretário executivo do gabinete do governador Confúcio Moura (PMDB), é preciso incentivar a profissionalização para que os filhos dos produtores tenham a oportunidade de crescimento profissional, evitando a evasão do campo.

Regionais : PMDB define pré-candidatura à Prefeitura de Ariquemes
Enviado por alexandre em 30/04/2016 20:15:02

PMDB define pré-candidatura à Prefeitura de Ariquemes



Diretório municipal do partido faz opção pelo nome de Thiago Flores


O delegado da Polícia Civil Thiago Flores foi escolhido o pré-candidato do PMDB à Prefeitura de Ariquemes na tarde da última sexta-feira (29), em reunião que contou com a presença dos dirigentes municipais e estaduais do partido. Também postulavam a pré-candidatura os empresários Gilberto Miranda e Tiziu Jidalias, ex-deputado estadual.

As lideranças estaduais do PMDB deram autonomia para que o diretório municipal da legenda definisse quem seria o pré-candidato, juntamente com o corpo da sigla em Ariquemes e com os que pretendiam a vaga. Após as discussões, os peemedebistas fecharam com Thiago Flores.

O deputado Maurão de Carvalho (PMDB) participou da programação e elogiou a postura do partido. “Foi decidido que o PMDB não será vice de ninguém em Ariquemes. Isso é muito bom, porque fortalece a legenda. Acredito que estamos no caminho certo”, destacou o parlamentar.

Maurão disse, ainda, que o PMDB está desenvolvendo um excelente trabalho, com o governo mantendo em dia o salário dos servidores. “Dizem que pagar em dia é obrigação, mas hoje a maior parte dos Estados brasileiros não consegue manter os vencimentos dentro do mês trabalhado. Em Rondônia o partido está bem”, acrescentou.

As lideranças peemedebistas decidiram que neste ano o partido deve lançar candidatura própria nas maiores prefeituras. Isso também fortalece a estrutura da sigla na disputa eleitoral que será travada pelo governo do Estado em 2018.


Assessoria Parlamentar

Regionais : Falta pedagogia às crises
Enviado por alexandre em 30/04/2016 20:11:22

Falta pedagogia às crises


Archibaldo Antunes

Indiferente aos embates retóricos que tomam conta dos palcos em Brasília, decorrentes do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, a crise econômica segue fazendo vítimas Brasil afora. Para medir seus efeitos, basta que se dê um pulo no supermercado, onde se pode aferir no próprio o bolso a extensão de suas consequências.

Enquanto a base aliada do governo, na tentativa de livrar a pele de sua representante maior, insiste na tese de que não houve crime de responsabilidade, o consumidor que foi às compras volta pra casa com cada vez menos produtos. Cortar aqui e ali é a sina dos que, ao contrário dos governos, têm de lidar com intransponíveis restrições no orçamento.

A retração na economia tem efeitos conhecidos. Com menos dinheiro em circulação, empresas fecham as portas, as filas do desemprego aumentam e, com a perda da fonte de renda, muitos deixam de comprar. Acresça-se a isso que os governos arrecadam menos, o que lhes deixa menor margem para investimentos. O resultado é uma sobreposição de problemas cuja tendência é se agravar. Ad infinitum.

Desde que a marolinha virou maremoto e a presidente Dilma Rousseff se viu ameaçada de impeachment que ela e seus acólitos não fazem outra coisa senão se segurar nos cargos. Os ajustes na economia cederam à pirraça dos companheiros, que nunca engoliram Joaquim Levy no Ministério da Fazenda. E a verdadeira razão por trás da antipatia, suspeito, era porque uma das metas de Levy – a de suprimir gastos públicos – implicava em corte de cargos de livre nomeação.

Com Dilma praticamente afastada da presidência, essa gente vai engrossar as filas do desemprego. E num momento em que o mercado de trabalho está longe de ser um mar de rosas.

A crise, como faz a fome aos animais sem dono, exibiu a espinha dorsal do martírio de estados e municípios, sujeitos todos eles à repartição injusta do bolo orçamentário. Do total arrecadado pela União, 70% compõe o orçamento federal, 20% são destinados aos estados e 10% aos municípios. No que diz respeito às despesas obrigatórias, esse percentual se inverte de forma desproporcional aos recursos assegurados.

A despeito disso, não há uma eleição, seja no mais miserável município brasileiro, para a qual não apareça uma penca de candidatos iludidos com o tamanho dos problemas que herdarão caso tenham a infelicidade de ser eleitos. E quanto maior for a fome dos postulantes por verbas públicas, piores serão os tormentos da população.

Outro grande problema das crises econômicas é que elas não são pedagógicas.
Jornalista, autor do romance Amazônia dos Brabos, à venda em formato e-book no site da Amazon. Clique aqui http://www.amazon.com.br/Amaz%C3%B4nia-dos-Brabos-Archibaldo-Antunes-ebook/dp/B01ETYBU2O/183-9436744-1368810?ie=UTF8&*Version*=1&*entries*=0 e saiba mais.

Coluna Da Lara : Filho Meu
Enviado por alexandre em 30/04/2016 20:00:30

Filho Meu
“Fogem os ímpios, sem que ninguém os persiga; mas os justos são ousados como o leão.”
Provérbios 28:1

O livro da sabedoria não deixa de comparar o justo e o ímpio;mais uma vez remete a questão da necessária Presença de Deus na vida.O Senhor aconselha, instrui e deseja implantar no ser humano as características de um cidadão do Reino Celestial, entretanto, Sua ação depende da nossa escolha e permissão... Mas o que significa a expressão ‘ousados’ no verso acima?

Foi preciso muita ousadia da parte de Noé para pregar a mesma mensagem aos incrédulos por 120 anos! Lembremos o tamanho ato de ousadia da parte do rapaz Davi ao comparecer diante de um gigante para vencê-lo; a ousadia dos amigos de Daniel ao permanecerem em pé quando todos se curvaram diante da estátua de ouro em adoraçãoo ao rei da babilônia, Nabucodonosor. Entre tantos outros exemplos!

A ousadia relaciona-se a coragem. Deuspede determinação, fé e força aos que professam Seu nome! Estes três elementos compõe a ousadia que o Pai procura nos Seus filhos. Para se posicionarem a favor do que Ele aprova, para reprovarem o que é mal, para vencerem gigantes, para serem fiéis e cumprirem a missão!

Há muitos apelos divinos em toda a Escritura aos que aparentemente estão em desvantagem, pois decidem andar na ‘contramão do mundo’. Eis a seguir duas passagens em Provérbios, ouça a voz de Deus:“Filho Meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á o Meu coração, sim. ó Meu próprio; e exultará o Meu coração, quando os teus lábios falarem coisas retas. Não tenhas inveja dos pecadores; antes conserva-te no temor do Senhor todo o dia” (Pv 23:15-17). “Não tenhas inveja dos homens malignos; nem desejes estar com eles” (Pv 24:1).
Princesa do Senhor

Regionais : BRAVURA: policiais de folga e guarda evitam atentado a Juíz em Cerejeiras; veja vídeo
Enviado por alexandre em 30/04/2016 19:56:08

BRAVURA: policiais de folga e guarda evitam atentado a Juíz em Cerejeiras; veja vídeo

Dois policiais militares de folga e um guarda patrimonial realizaram em conjunto um ato de bravura ao defender de um possível ataque o juiz da Comarca de Cerejeiras, no final da manhã desta sexta-feira, 29. Um homem que tinha sido condenado pelo magistrado foi o autor do ataque e tentou invadir o fórum. Ele estava armado com uma espingarda e já tinha feito duas pessoas vítimas antes de chegar à sede do tribunal.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Extra de Rondônia, Adalto de Oliveira, de 27 anos, foi preso em flagrante pelos policiais CB PM Lima e SD da Silva, que mesmo estando desarmados o imobilizaram, além de ter contado com a abordagem de um guarda do próprio fórum que ajudou na detenção do homem. Eles agiram com rapidez e evitaram que o objetivo do criminoso pudesse ter sido concluso.

A dupla policial estava em um estabelecimento comercial em frente ao fórum quando notaram que o suspeito se aproximava da repartição pública [armado] e que fazia uma pessoa de refém. Os policiais e um guarda, que não teve o nome revelado, foram decisivos e conseguiram imobilizar o meliante.

A primeira vítima, um homem de 42 anos, disse que seguia em seu veículo pela zona rural do município quando foi interceptado por Adalto apenas de cueca e com a arma em punho. Ele obrigou a vítima a levá-lo a Cerejeiras, com a alegação de que iria matar o juiz que havia mandado uma ordem de prisão contra o mesmo. No entanto, durante o trajeto a cidade, o acusado ainda abordou um motociclista e roubou diversos objetos, além das roupas que a vítima carregava na garupa do veículo.

Adalto obrigou o motorista do automóvel a furar os pneus da moto, após o motociclista conseguir escapar e se embrenhar na mata.

Após chegar em frente ao fórum, o acusado fez outro motorista de refém ao colocar a arma em suas costas empurrando-o em direção a instituição pública, quando foi detido e imobilizado pelos policiais e guarda. Foi encontrado em seu bolso cerca de R$ 400 que tinha sido roubado da segunda vítima, além de outros objetos provenientes de crimes.

Adalto de Oliveira foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil onde ficou a disposição da justiça.

Veja em vídeo o momento da prisão:

http://www.extraderondonia.com.br/2016/04/30/bravura-policiais-de-folga-e-guarda-evitam-atentado-a-juiz-em-cerejeiras/
Texto: Extra de Rondônia

Fotos e vídeo: Extra de Rondônia

(1) 2 3 4 ... 9638 »